segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

adeus a lhasa de sela (27.09.72-1.01.10)










4 comentários:

Anónimo disse...

q estranho, apanhou-me desprevenida, isto! vou ver ao google.

Maria Inês disse...

what a fuck?????????
Não ouvia Lhasa há tanto tempo,e ontem estive a ouvir um albúm dela, não sabia de nada. Estou parva.

madmax disse...

Quem é esta gaja?


Morreu?

benjamim machado disse...

sim, madmax, infelizmente morreu.
a lhasa era uma cantora de pai mexicano e mãe norte-americana, com uma vida de nómada até há alguns anos se radicar em montreal. tinha uma das mais belas vozes femininas e ao vivo - que a vi na aula magna - era de arrepiar. se quiseres posso te arranjar os três albuns dela - o último gravou-o já doente, câncro da mama -, se não sempre a podes ouvir pela net.

abraço