quarta-feira, 23 de março de 2011

sarcófago


(do latim ou do grego sarx, carne e phago, boca, comer, sarkóphagos)

à letra, boca de carne, antropofagia;
de boca a boca a carne faz a sua fuga;
imensa e saturnina boca que traga, de um só golpe, todo um corpo, o qual, por sua vez, igualmente possuindo uma boca de carne, capturou um espírito (a força de um corpo) e o libertou ou deixou escapar antes de ser engolido, ou em queda largado nesse buraco;
túmulo ou cripta que, uma vez oclusa, oculta e guarda o segredo último de uma vida;
pondo-se a descoberto, logo a cripta se torna excriptorio, limitado espaço da solidão e de um mundo infinito, onde um corpo investiga na brancura do papel mortalha o mistério do pó;
tumba onde um corpo tomba.


3 comentários:

André C. disse...

muito muito bom.

benjamim machado disse...

obrigado andré, vamos ver até onde consigo levar este dicionário.

abraço

je suis...noir disse...

Estou encantada com este blogue, sir:)