quarta-feira, 4 de agosto de 2010

feira do livro de portimão

vini, vidi, vici (e não sei se lá não volto)


joão camilo, elogio do silêncio, casa do sul
pascal quignard, as tábuas de buxo de apronenia avitia, cotovia
georges simenon, carta para minha mãe, cotovia
e.m.forster, maurice, cotovia
carlo coccioli, fabrizio lupo, cotovia
pedro paixão, 47 w 17, cotovia
frank wedekind, lulu-a monstruosa alegoria de pandora, apáginastantas
rámon gómez de la serna, 6 falsas novelas, antígona
laurence sterne, diário para eliza, antígona
albert cossery, a casa da morte certa, antígona
michel mitrani, conversas com albert cossery, antígona
raoul vanegeim, aviso aos alunos do básico e do secundário, antígona
ludwig tieck, 3 contos fantásticos, antígona
charles baudelaire, os paraísos artificiais, editorial estampa
fiama hasse pais brandão, movimento perpétuo, teorema
guillaume apolinaire, o heresiarca e cª, vega
paul valéry, introdução ao método de leonardo da vinci, vega
julio cortázar, fantomas contra os vampiros multinacionais, teorema
antónio lobo antunes, o manual dos inquisidores, dom quixote
antónio lobo antunes, tratado das paixões das almas, dom quixote

(ainda não aprendi. tanto livro para ler, ali nas estantes, e continuo a comprar. mesmo que sejam achados de três, cinco e o mais caro de dez euros, quando é que eu vou parar?)

NOTA - havia um erro meu quanto à editora de cortázar, agora corrigido (teorema e não vega). agradeço a Jorge Fallorca (o seu tradutor) pela chamada de atenção.

2 comentários:

Anónimo disse...

como te entendo...
é como se fossem caramelos...

abraço,

filipe q.

benjamim machado disse...

e eu que já tive os dentes todos podres, quando era puto. não aprendo mesmo.

abraço