terça-feira, 4 de outubro de 2016

[o hábito faz a beleza]

o hábito faz a beleza
diz-te o rosto no espelho
e acompanha-te na rua
a imagem grafada na retina tornada em ti pele

o hábito faz as palavras
dizes o que te disseram do mesmo ou de outro
modo como se fosse tua a língua dando
corpo ao encontro do real

e lá fora o mundo aí está movido
no hábito das forças que o sustem
e a beleza vai do excremento à rosa

como vida expressionada
como nós sendo essa a parte real
da minha ou da tua beleza

2 comentários:

Homem do lixo disse...

Peço desculpa por contacta-lo desta maneira.
Procuro ardentemente e sem sucesso o livro Extinção - Thomas Bernhard.
Como li algumas referencias ao autor no seu blog, lembrei-me de perguntar se tem o livro e em caso de ter se aceitaria, vender trocar ou o que seja.
Obrigado pela atenção
eugeniofonseca83@gmail.com

Fernando Machado Silva disse...

enviei-lhe um email, espero que ajude.
abraços