terça-feira, 17 de agosto de 2010

vida e romance

"Procuro o recolhimento, porque a literatura costuma ser mais interessante do que a vida. Não sei se é paradoxal, mas gosto imenso da vida, porque, digam o que disserem, é parecida com um grande romance"

Enrique Vila-Matas, Diário Volúvel, Lisboa, Teorema, trad. Jorge Fallorca, 2010: 269.

2 comentários:

T disse...

Isto agora é só citações? Volta a escrever coisas tuas, pá! Gosto mais.

benjamim machado disse...

depois das minhas férias em cavaleiro, não tem saído nada; mas virá qualquer coisa.

abraços