sábado, 6 de março de 2010

blogues

ando a seguir alguns blogues que gosto. no entanto, vejo as listas associadas a eles e que se vão repetindo de blogue a blogue e penso, no final, que o anonimato, ou não existe, ou eu não tenho mesmo amigos quase nenhuns (os que tenho são realmente bons), ou, o que é mais certo, a minha escrita não vale realmente nada a pena - mas, bom, continuo. por outro lado, tenho igualmente a impressão que há um enorme lobby de blogues - imagino agora um comentário que me dirá que tenho inveja, porque não pertenço a ele (se existir), e não entro nas listas de todos esses blogues... pode ser, sou afinal humano, sempre sonhei, nunca tive feitio de andar a opinar sobre o mundo, criticar os outros (mesmo que, de vez a vez, o faça), não vou às festas, aos encontros, às feiras, não me faço presente.

bom, esta mensagem para agradecer a todos os que me seguem e que me deixam comentários, mais um abraço a todos os amigos e um em especial à cris.

3 comentários:

T disse...

O meu conselho é não ligares a isso.
Além do mais, eu gosto da tua escrita e eu sou o rei do meu próprio mundo, por isso eu é que tenho razão.

benjamim machado disse...

t,

eu sei, eu sei que não deveria ligar a isso. nem sempre ligo. hoje, porém, ligo. são altos e baixos.

mas quanto a isso de ser rei do meu próprio mundo, bom... não sei se sou, nunca gostei de títulos nobiliárquicos.

um abraço e obrigado

Anabela disse...

Tantos blogues, é verdade e até pode assustar. Parece que se tornou mais "comodo" ou mais "fácil" entrar em blogues do que ir á rua e começar a falar com alguém, entar em conversa com alguém.
Porém nos blogues assim como no cruzar com as pessoas, é preciso saber quem ler e quem ouvir.